Hoje eu sei que você não merecia!

06:30


(Não é desejo, nem é saudade. Sinceramente, nem é verdade)
Legião Urbana 


Por que eu te encontrei procurando um amor e você estava disposto. Te dei esse amor, te dei a vida que você queria , tirei de você as noites de bar, a roupa surrada e aquela que te enganava. Todos os andares de mim se incendiaram assim que você chegou. Ao mesmo tempo em que você me deu o seu amor tão suavemente. Não tinha distância, não tinha nada que me roubasse de você. A gente suportava, a gente esperava, a gente queria. Tanto. Até o dia em que acordei achando tudo indiferente. Por que a gente deve aceitar quando o amor chega ao final...

 
Eu chorei por você no chão da cozinha, do quarto e da sala, debaixo do chuveiro onde a água se misturava às minhas lágrimas. Num luto que parecia que nunca acabaria. É como querer apagar os beijos que estão como tatuagem na pele. Em dias queria te apagar da minha vida pra nunca mais voltar a te ver, em outros, pedia que o tempo passasse e me levasse até você.  A cada semana uma nova promessa que eu me fazia e a cada semana nenhuma delas se cumpria. Por que a cada dia existia dentro de mim um vazio que gritava constantemente por você. Parada na rua, esperando ver em baixo de cada capacete sob uma moto o teu rosto. Mas não via, por que você estava à quilômetros de distância de mim, mas o meu coração te via em todos os lugares. Eu te procurei em mim e por isso me perdi. Quando eu finalmente encontrava uma saída, você mudava os planos, os sonhos e mexia na minha vida outra vez. Eu pensava que você era a pessoa certa, mas você virou o meu mundo de cabeça para baixo. Rasgou o meu orgulho e encheu de nós a minha garganta. Quantas vezes o meu coração foi posto à prova. Você me dava um sorriso e eu apagava todos os rastros do que estava sentido e mais uma vez mudava meus planos pra ficar na sua vida. Por que eu ficava bem na minha solidão. Mas quando você vinha eu me sentia em casa novamente. Isso vicia e você sabia disso. Por isso, você me tinha nas mãos.

Por que? Por que você me ligava na madrugada se era com seu novo amor que você estava? Ela não te completava? Ela não te dava o que você queria? Que vazio era esse que sempre acabava levando a gente de volta um para o outro tantas e tantas vezes? Que loucura era essa que não deixava a gente seguir em frente? Por que a gente disse adeus com palavras mas não fechou a porta? Mas agora eu tranco a porta para todas essas coisas. Agora a porta está trancada junto com todas as cartas que eu te escrevia sem nunca te enviar. E das palavras que guardei pra ti. Talvez você nunca saiba. Talvez você não saiba o que é não dormir à noite e no dia seguinte acordar com o os olhos inchados. Talvez você nunca soube o quanto eu me perdi por você. Por causa da sua falta que era tão grande e não cabia nas 24 horas. Por que quando a gente ama cuida. Não fala da boca pra fora. Não promete o que não pode fazer. Mas hoje, tudo são apenas lembranças de dias que eu não quero nunca mais pra mim. De uma vida que hoje eu sei, jamais me faria feliz. Jamais me completaria. As minhas lágrimas secaram. A gente voltou pra tudo que já conhecia antes e esquecemos de tudo o que passamos juntos. E foi a primeira vez em todos aqueles anos em que finalmente você foi embora, como se fosse só mais uma coisa da minha vida sendo substituída. Foi a primeira vez que eu deixei de te olhar mesmo sabendo que você gosta de mim. Mas hoje por favor, goste mais dela. Olhe pra ela, e não decepcione ela.

 
Por que só hoje eu sei. Não se pode olhar pra trás sem se aprender alguma coisa pro futuro. Hoje eu sei que aprendi o quanto te ensinei. Hoje eu sei, isso tudo me preparou pros meus novos amores, pro que eu tenho e pro que eu dou hoje de mim. Mas não se preocupe, meu coração não se trancou, ele se abriu pra um novo amor, assim como o seu. Tá feliz, tá batendo, tá sadio. E é assim que deve ser....


                      ******
Uma parte desse texto eu escrevi há alguns anos atrás e achei legal trazê-lo para cá. Para todos aqueles que já tiveram um amor complicado!! bjs.

You Might Also Like

19 comentários

MELHORES DA SEMANA

DIREITOS AUTORAIS

Licença Creative Commons
Este Blog está licenciado com uma Licença Creative Commons. Todos os textos neste site são de autoria de Dri Andrade Carollo. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

CRÉDITOS NAS IMAGENS

Algumas imagens que aparecem neste site são retiradas da internet. Se você possui os direitos de alguma, favor entre em contato, diga seu nome e eu coloco. Obrigada!

Subscribe