“Feliz ano todo! “

08:34

Pra começar o ano novo com boas energias, um textinho novo e um video pra vocês!
O texto na íntegra segue logo abaixo. O beijo e Feliz 2014!!!




“Feliz ano todo! “

Tudo começa num único dia, de um segundo para o outro. Um dia incomum, diferente, pra mim e pra você. E num abrir e fechar de olhos tudo recomeça. Toda a esperança que se foi durante os momentos difíceis é renovada como num passe de mágica.
Mais um ano está acabando e outro está a caminho. O ano que termina se encerra como tantos outros, com gostinho agridoce. Um misto de coisas, sensações e sentimentos que fizeram de nós um pouquinho mais do que o ano anterior. Chega o momento em que a gente para pra descansar, olha para o caminho percorrido lá atrás, arma um piquenique no meio da estrada que é a vida e faz um balanço.

Que possamos sonhar um novo ano que mereça ser chamado assim. Saber que tudo valeu à pena e que tudo que conquistamos, se iniciou com uma única palavra: Iniciativa.

Que a gente pare de aceitar abraços frouxos, amizades sem retorno e saudades vazias. Conversas sem olho no olho. Copo meio cheio, amores salva-vidas. Chega de acordar com promessas vazias, de não saber que a felicidade esta em nós e não no outro. Que a gente siga doendo as nossas dores, cultivando os melhores sorrisos, aprendendo a ouvir os alertas que vem de dentro, nos assumindo, nos fazendo prioridade. Levantando a nossa bandeira bem lá no alto e trabalhando diariamente num equilíbrio para que as coisas continuem leves e evoluindo com alguma graça e diversão.

Sem nos torturar por coisas tão banais, sem exigir tanto da nossa própria sorte. Viver.....sem engolir o choro na garganta. Sem engolir a dor, sem sufocar os nossos sentimentos. Sem desistir dos nossos sonhos, mesmo que às vezes pareça complexa e distante a conquista de cada um deles. Ter um sonho já é um passo para o futuro. Caminhando, mesmo que seja devagarinho, pois, como dizem por ai, a direção é mais importante que a velocidade. Que entremos em contato com o mais bonito e o mais complicado de nós experimentando o tão desejado autoconhecimento. Respeitando nossos cansaços, nossos defeitos (a argamassa da nossa casa interior), Nossos desejos mais profundos e que nunca, nunca mais mesmo, a gente se sabote, dizendo e fazendo coisas que não queremos pelo simples medo de perder.

Que a gente deixe entrar, deixe fluir esse processo renovador depois de tantas demolições, tantos choques internos, tantas descobertas necessárias. E que essas palavras não sejam proferidas apenas no final ou no começo de um ano qualquer, afinal, a gente não aprende a viver só em finais e começos de caminhada, mas durante elas. Que possamos principalmente saber o que fazer com toda bagagem que levamos e que ela seja leve e doce, nos preparando para esse novo ano que vem ali, logo depois da curva, novinho em folha esperando para ser usado, dentro da gente onde ele sempre esteve. Doce, sincero e cheio de novos caminhos, porque a gente merece!




You Might Also Like

0 comentários

MELHORES DA SEMANA

DIREITOS AUTORAIS

Licença Creative Commons
Este Blog está licenciado com uma Licença Creative Commons. Todos os textos neste site são de autoria de Dri Andrade Carollo. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

CRÉDITOS NAS IMAGENS

Algumas imagens que aparecem neste site são retiradas da internet. Se você possui os direitos de alguma, favor entre em contato, diga seu nome e eu coloco. Obrigada!

Subscribe